domingo, 29 de abril de 2007

Difícil de Aceitar

Mesmo sendo tricolor, todo dia levantando feliz, sempre sorridente e cumprimentando todo mundo com quem cruzo, sem problemas financeiros, mas sem reservas ou aplicações financeiras também, tenho momentos de profunda desolação por ter um filho framenguista e pelos framenguistas, de maneira geral. Pelos curintiânus, também.

(Se um dia o Bush vier morar no Brasil, desejo que ele se torne framenguista pra sofrer cotidianamente com as desgraças desse time e pagar pelos pecados que anda cometendo.)

E um blogueiro, um grande blogueiro, sagaz, excelente observador político, que mistura inteligentemente de tudo do cotidiano no seu blog, sério, às vezes, em outras, utilizando com refinada sutileza a sua verve humorística, com tudo isso, entretanto, ele aparenta, mesmo sem conhecê-lo pessoalmente, ser portador do desvio chamado de Síndrome do Abacaxi, aquele em que o sujeito aproveita as cascas do abacaxi para fazer refresco e que, metaforando, como o nosso prefidente Loola, abraça as cores e os símbolos de seu time como se fossem coisas sagradas.

Descobri o seu
blog, de fato, hoje, navegando um par de horas pelos seus dois últimos meses. Pretendo, porém, chegar no seu primeiro cuinhééééééééé, ocorrido em abril de 2003.

É uma respeitável caminhada!

Ele já constava dos meus preferidos. Agora incluí-o, com muita satisfação, no meu blog
e recomendo aos meus amigos que o visitem. Tenho absoluta convicção de que todos o apreciarão. Seu capitão se chama Fernando Cals e seu endereço eletrônico é observador.blogbrasil.com.

E nessa minha navegada, descobri um post do qual resolvi capturar a imagem da camisa da LUBRAX, aliás, do Framengo, sem a devida licença dele, mas sei que ele vai me perdoar, e fí-lo porque achei um grande pecado venial comparar essa vestimenta horrorosa com o Manto Sagrado.

Onde é que nós estamos! E se o Papa, que está para chegar no Brasil, nas suas navegadas pelas madrugadas (- Tão pensando que ele não faz isso? Duvidam de mim? Confirmem com o Vaticano!) descobrir esse blog e esse post? Se virar framenguista, juro que largo da mulher e mudo de mala e cuia pra igreja do Bisbo Mazedo!

Em todo o caso aí está o produto da minha afanação:
o
oOoO Manto Sagrado

Emporcalhei o meu blog novamente com as cores rubro-negra por dois motivos; o primeiro e o segundo, ou, o A e o B, à escolha.

Explicando:

Primeiro, pra levantar o moral do meu filho Gu (Gustavo), que anda meio jururu, pois tenho observado certas evidências de que ele anda amargurado por ter trocado o Fluminense pelo Framengo. E ele já tinha 25 anos, puta merda!

E segundo, para paparicar, aliás, homenagear, porque não sou de paparicar ninguém, porque quem paparica é papariqueiro e eu não sou nenhum papariqueiro, e se alguém me chamar de papariqueiro eu mando pros quintos dos infernos, e... onde é que eu estava mesmo? Ah! Achei! Como eu dizia, o segundo motivo é para homenagear esse a quem passo a chamar de amigo, o Senhor
Fernando Cals (Se não botar bronca por causa do meu ato impensado(?), ao me apossar da imagem do seu blog!) e agradecer-lhe por manter nos posts de seu blog mensagens de puro altruísmo, de informações sem as máscaras da dissimulação ou da dubiedade e de momentos de pura descontração pipocados adequadamente.

- O título deste post encabeça a matéria do post correspondente do Fernando. Outra roubadinha minha!

I bibida prus músicus!

2 comentários:

fernando cals disse...

Oi, Norival,
Primeiramente, meus agradecimentos, esmerados e enormes, pelas referências e palavras bacanas, sobre o Obs. e o seu autor. Valeu, mesmo! Segundamente, como diria Odorico Paraguaçu, ter o prazer de visitar o seu belo blogue, a despeito da notória implicância com a rubronegrada, do qual, blogue, muito gostei e linkarei em seguida. Além de, também, recomenda-lo.
Finalmente, falar algo da minha sina quase tricolor, ex-atleta que fui, anos 50/60, do Flu, onde dei meu sangue, nadando, jogando polo aquático e basquete, e onde apreendi a gostar, e muito, do tricolor das Laranjeiras. Sou rubronegro, sem qualquer dúvida, mas gosto muito do seu clube e não consigo torcer contra, além de ficar contristado pela atual devastação que ocorre nas hostes "laranjeiristicas".
Abração rubronegro(estamos nas finais)
fernando cals

Norival Duarte disse...

Implicância rubronegrada nada, Fernando. É apenas um jeito meu para fustigar o blogueiro e levá-lo a visitar o meu humilde brogui.
Gosto dos flamenguistas. E dos corinthianos também.
Quando seus times ganham, o PIB brasileiro sobe na semana seguinte na mesma proporção das suas alegrias.
Desta forma, todos ganhamos!